arte & cultura

As ruas de Milão

Para uma cidade com mais de dois mil anos de história não deve ser fácil organizar sua toponímia. Ou seja, os nomes de suas ruas. Desde o tempo dos Celtas, lá pelos idos de 43 a.C. quando foi anexada ao Império Romano até os dias de hoje, a Cidade viveu tempos de glória,  invasões, além de ser testemunha e personagem principal de muitos fatos marcantes da história da Itália. 

Um pouco do que Milão já viveu pode ser contado através do nome de suas ruas. Que, na verdade, começaram a existir formalmente somente em 1765, por determinação dos austríacos – invasores da vez, que decidiram ser hora de dar uma ordem na preferida do Império. A partir daí pode-se “ler” em suas ruas quantos e quais artesãos e ofícios marcaram o perfil econômico da cidade. Quando você pasear por Milão, observe o nome das ruas: no centro, palco dos eventos políticos e econômicos mais importantes da cidade,  muitas são as vias com nome de profissões que marcaram época: Via Armorari (armadores), Via Spadari, Mercanti, Cappellari, Orefici… Outras, carregam o nome de famílias nobres que fazem parte da história da Cidade, como Arcimboldi, Meravigli, Mapelli… e, ainda outras, contam a história de fatos que marcaram o curso da História: Piazza della Repubblica, Piazza V Giornate, Via della Liberazione. 

Na tua próxima viagem para Milão, preste atenção ao nome das ruas. Você vai descobrir muita história, lendo o “livro aberto” desta incrível cidade.     

Un commento

Lascia un commento

Il tuo indirizzo email non sarà pubblicato. I campi obbligatori sono contrassegnati *